o que te faz diferente, te torna perigoso

05 maio 2014 |

Dá licença, mas não dava pra fazer só um resumo de Divergente. Esse filme me surpreendeu e tá incrivelmente demais pra ser descrito em apenas um parágrafo.

A verdade é que eu não gostei muito do livro: achei meio corrido em alguns pontos, meio lento em outros, e achei o final um tanto decepcionante (a resenha tá aqui ó). O filme, por outro lado, me conquistou imediatamente. A trilha sonora, a tensão nos momentos certos. Não posso negar: está quase brigando com Em Chamas pelo título de melhor e mais fiel adaptação. E olha que isso é quase blasfêmia vindo de mim.

Tris é corajosa. E altruísta, e amiga. Gostei de como a personalidade dela foi mantida. Também gostei do foco maior que deram ao relacionamento dela com a mãe e com a Christina. O que eu senti falta foi da maldade do Peter, quédize, cadê a parte brutal da facada e tudo mais?!


Tava meio preocupada em como seria desenvolvida a relação com o Quatro/Four/Tobias. Poderia ficar muito amor-Miojo (quem eu tô querendo enganar? meu próprio namoro foi assim haha), coisa que estraga 90% dos livros e filmes por aí, mas achei super real e bem construído. E falando nisso, Theo James no meu Top 5 Atores Mais Amados.

Lá pela metade do filme eu já tava besta pela qualidade da adaptação e o namorado já tava dizendo que aceitava o box com os livros de presente. O filme é bom assim. E sim, é claro que tem coisa diferente do livro, mas esse é o sentido de adaptação, é isso que o torna bom para a tela. Tão bom que me dá vontade de largar tudo nesse momento e partir para Insurgente.

Vocês já assistiram? O que acharam?
desenvolvido por letícia santos © 2010 - 2015 | voltar ao topo