Minha primeira HQ: Injustice

26 fevereiro 2014 |

Daí que estamos levando a sério por aqui esse negócio de nerdice e, depois do namorado ter falado tanto, estou lendo a minha primeira HQ - porque Turma da Mônica aos 10 anos não conta, né? Eu resolvi falar sobre ela agora, mesmo não tendo acabado ainda, porque tinha um certo preconceito com quadrinhos, e vai que alguém aqui tem o mesmo problema né.

"Injustice: Gods Among Us" (ou "Injustiça: Deuses Entre Nós", na tradução) se passa num universo onde o Coringa sequestra Lois Lane e usa uma droga alucinógena para fazer Superman acreditar que ela é seu inimigo Apocalypse. Assim, o herói acaba matando sua esposa grávida e - porque a bomba estava ligada ao coração de Lois - desencadeando uma explosão que destrói Metrópolis.

Depois disso, Superman assassina Coringa na frente de Batman e - inconformado com tantas mortes e cheio de raiva - junto com a vadia Mulher Maravilha, estabelece uma nova ordem mundial. Mas o morcego não concorda com isso e, além de criar uma Rebelião para lutar contra o Regime, descobre que há um universo alternativo onde o plano de Coringa não aconteceu e aí manda heróis para lá, afim de derrubar o Regime. E é isso, porque eu ainda não cheguei nessa parte.


Confesso que é meio complicado se situar na primeira vez. A narrativa em partes, a mudança rápida de cenas e coisas acontecendo também rápido demais. Mas, assim que você se acostuma - o que eu já estou fazendo - é como um livro qualquer, só que com imagens pra ajudar na imaginação.

Uma das coisas que mais gostei é que não fiquei perdida, afinal, o que sei sobre Batman, Lanterna Verde e outros, aprendi nos filmes. Mas a origem ou o passado dos heróis não faz diferença nessa HQ, dá pra entender tudo muito bem. "Injustice" tem momentos de tensão, tiradas engraçadas e alguns personagens que dão raiva. Simpatizei com o Batman e tem uma parte do Flash que eu gostei bastante, já o Damian/Robin eu achei um puto.

Se alguém aí quiser começar a se aventurar nos quadrinhos, acho que Injustice é um bom começo. Eu leio aqui ó.
desenvolvido por letícia santos © 2010 - 2015 | voltar ao topo