Percy Jackson e o Mar de Monstros

21 outubro 2013 |
Percy Jackson (Logan Lerman) e seus amigos Annabeth (Alexandra Daddario) e Grover (Brandon T. Jackson) levam uma vida normal no Acampamento Meio-Sangue, apesar de Percy sentir falta do pai, Poseidon, que nunca mais manteve contato. Um dia, o local é atacado por um monstro enviado por Luke (Jake Abel), que consegue romper a proteção mágica do acampamento. Com o local em perigo, Percy e os amigos partem em uma aventura em busca do velocino de ouro, um objeto místico que pode revitalizar a árvore mágica responsável pela proteção do acampamento. O que eles não esperavam era que Luke estaria atrás do mesmo objeto, já que deseja trazer à vida o poderoso Cronos, derrotado por Zeus, Poseidon e Hades há milênios atrás.

Eu já tava esquecendo de postar essa minha mini-crítica do segundo filme da franquia Percy Jackson.

Bom, os boatos eram os piores possíveis. Que o filme era uma merda, que enterrou de vez uma saga que já era ruim no primeiro. Minha opinião? O filme é bom e ponto.

Claro que não é a melhor adaptação da vida, passa longe disso, mas ouso dizer que é bem legal. Principalmente se você não leu os livros. E mesmo que tenha lido, você pode assistir com a mente aberta, sabe? O Igor e eu fizemos isso, ele disse "vou fingir que não conheço a história" e eu disse "se o Tyson for legal o filme vai ser bom pra mim". E foi mesmo.

Primeiro porque Tyson é amor, ganhou fácil meu coração e meu troféu de melhor personagem da saga. E segundo porque o trio principal é divertido, além de os atores serem bons.

Claro que tem uns pontos negativos e aí eu posso citar o fato de que a) a Clarisse é bonita demais e boazinha demais e ogra de menos (e segundo o namorado, ficou parecendo que vai rolar triângulo na história), b) que não gostei de como o Tyson simplesmente aparece lá no acampamento e c) que a parte do Cronos foi forçada e desnecessária.

Assim, não é maravilhoso mas também não é ridículo. É divertido e eu gostei dos livros, então assistirei A Maldição do Titã se rolar a adaptação.
desenvolvido por letícia santos © 2010 - 2015 | voltar ao topo