Anna e o Beijo Francês, de Stephanie Perkins

19 junho 2011 |
Livro: Anna e o Beijo Francês | Autor: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito | Páginas: 281

Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto - que tem namorada. Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

Bem, todas as resenhas que eu li sobre Anna e o Beijo Francês diziam que é um livro difícil de resenhar. Eu entendo o porquê. O livro é tão maravilhoso, apaixonante, adorável *procura adjetivos*, que é difícil explicar. Já leu um livro que chega a dar raiva de tão perfeito? É o caso, haha. Eu ADOREI a Anna. Ela é dependente e do tipo adolescente-que-sonha-acordada-com-o-carinha-bonito, mas ela tem personalidade, é engraçada, tem um jeito único de ser. Gostei dos seus pensamentos super engraçados e seu jeito descolado e sensível, e me identifiquei fisicamente, porque eu também tenho uma mecha de gambá, HAHA
" Quem manda os filhos para um internato? É tão Hogwarts. Só que no meu não tem feiticeiros bonitinhos, balinhas mágicas ou aulas de vôo. "
Os personagens todos são ótimos e tem muita personalidade. Eu rolei de rir com a descrição do pai da Anna. É o Nicholas Sparks gente! Os romances clichês e trágicos, o bronzeado, o sorriso super-branco-falso. É ELE GENTE! HAHAHA E quero ter amigos como Meredith, Rashimi, Josh e quero dar na cara daquela biscate da Amanda, HAHAHA
" – Você gosta dessa mecha? – ela pergunta.
Linguagem universal de biscate para: Eu acho que está horrível. "

O St. Clair é... não sei explicar. Você precisa ler pra entender todos os encantos desse americano-inglês-francês. Seu jeito carinhoso e carismático, seu sotaque...ah, o sotaque. Não tem coisa mais perfeita! O avião, os emails (ah, os emails! *O*), ele só dá nos nervos com aquela coisa da namorada. Porque não larga logo aquela bisca chata?! Ah, eu descobri que sou péssima no francês. Não entendo nada e não sei ler Étienne do jeito certo. Eu adoro quando as autoras me fazem odiar minha vida. Mãe, me manda pra França, tipo, agora?!
" Por causa de você. Vou estar a vinte minutos de trem da sua escola e vou viajar toda noite para vê-la. Eu viajaria dez vezes a distância só para estar com você toda noite. "
O único ponto negativo é a confusão no texto. Os diálogos são misturados com pensamentos que são misturados com a narração. Faltam travessões e pontos finais. É confuso, às vezes você precisa ler duas vezes pra entender bem. Mas, apesar de abominar esses erros, não me incomodei tanto assim, porque nada atrapalha o livro. Você simplesmente segue em frente como se nada tivesse acontecido. E não preciso dizer que a capa é maravilhosa né?

A autora ganhou meu respeito no seu livro de estréia, mas ainda a odeio por me deixar tão deprimida sem um Étienne na minha vida, HAHA. Anna e o Beijo Francês está entre meus livros favoritos. Bem, agora... já posso fazer as malas?!

-----
A promoção do livro começa na quarta-feira. Vocês sabem: comentando na resenha antes você ganha números extras para o sorteio.
desenvolvido por letícia santos © 2010 - 2015 | voltar ao topo