Filme – O Livro de Eli

26 dezembro 2010 |

Num mundo pós-apocalíptico Eli é um homem solitário que tem de proteger um livro sagrado que pode conter a resposta para salvação da humanidade. Mas como todo herói tem seu algoz, nessa história não é diferente, e para poder obter o livro, um tirano prefeito de uma pequena cidade fará de tudo, mesmo que para isso tenha de matar Eli.

Assim como O Som do Trovão, é o tipo de filme que eu nunca escolheria na locadora. O namorado alugou para uma sessão na casa dele, e foi assim que descobri tarde – foi lançado em março - um dos melhores filmes do ano. O Livro de Eli mostra a devastação do mundo causada por uma guerra – guerra essa que não é explicada no filme, mas não é importante no fim das contas. Eli vaga pelo mundo há 30 anos, desde que encontrou um livro perdido em escombros e uma voz lhe disse para levá-lo em direção ao oeste. O cenário apocalíptico é terrível: quase não existe água potável, o canibalismo é uma realidade, homens são mortos e mulheres são violentadas na estrada. No caminho de Eli está Carnegie. Ele é o dono da cidade, está atrás de poder o do livro que Eli carrega. Ele acredita que as palavras ali escritas tem poder de torná-lo um líder ainda mais poderoso e que poderá ampliar o seu domínio para muito além daquela cidade suja e destruída. Mas o livro foi confiado a Eli, e ele daria sua vida para protegê-lo. Super recomendo.
desenvolvido por letícia santos © 2010 - 2015 | voltar ao topo