Filme - Muita Calma Nessa Hora

20 novembro 2010 |
Três jovens amigas, Tita (Andréia Horta), Mari (Gianni Albertoni) e Aninha (Fernanda Souza), encontram-se diante de situações desafiadoras. Em busca de novos caminhos, decidem passar um fim de semana na praia. Na estrada, conhecem Estrella (Debora Lamm), uma hippie, que lhes pede carona para tentar achar o pai desconhecido. As quatro garotas vivem situações hilárias, absurdas e emocionantes. Mais que mudar de ares, mudam a si mesmas.

O sonho de Tita é casar e ter filhos, mas pega o noivo com  outra na véspera no casamento. Mari é linda, pode ter o homem que quiser aos seus pés, mas é assediada pelo chefe no escritório. Aninha é confusa, acaba de trancar a faculdade pela sétima vez e simplesmente não sabe o que quer da vida.
Depois de terminar o noivado, e já tendo alugado uma casa em Búzios, Tita resolve passar sua suposta lua-de-mel com as amigas. A partir daí, elas conhecem pessoas e passam por diversas situações.
Eu já disse aqui e repito que Tropa de Elite é o único filme brasileiro que eu gosto. Sinceramente, achei o Muita Calma Nessa Hora muito sem graça.
Ok, eu ri. Mas eu acredito que, por pior que seja o filme, é impossível não rir com Nelson Freitas, Bruno Mazzeo, Maria Clara Gueiros, Marcos Mion, Lúcio Mauro Filho e Leandro Hassum no elenco. Mas só. O elenco de melhores comediantes do país é a única coisa que salva o roteiro fraco e o desenvolvimento ruim da história.
Uma coisa que incomodou – e falo por quase todas as garotas da turma – é que em noventa porcento do filme alguém está fazendo sexo, ou falando de sexo, ou pensando em sexo. Uma das meninas disse, durante uma dessas cenas, como era constrangedor, e eu só posso concordar totalmente com ela. Não quero voltar ao século passado, mas o que dá numa pessoa pra colocar uma classificação 14 anos num filme desse?!
Como já disse, não há uma boa história, apenas um elenco ótimo que caiu de páraquedas em um filme sem muito conteúdo. Enfim, se eu fosse tirar a média de comentários sobre o filme das pessoas da turma que estavam lá comigo, diria que o filme não foi aprovado.
desenvolvido por letícia santos © 2010 - 2015 | voltar ao topo